ESTÁBULOS, Cerro da Borrega, São Teotónio, Odemira

Projeto | 2017

Obra | 2018

Autores: Visionarte, Atelier de Arquitetura

Descrição:

A solução proposta consiste num edifício de um só piso de planta rectangular, com uma linguagem formal simples que consiste num edifício de proporções controladas, de forma a que fique o mais bem integrada possível no terreno e a ter o menor impacto visual de volume de construção na paisagem.

O edifício destina-se ao albergue de seis cavalos de pura raça Lusitana e localiza-se a sudoeste do edifício principal a uma distância suficiente para existir um contacto, tanto visual como auditivo com os seus tratadores e proprietários para uma melhor vigilância.

O edifício é composto por seis boxes em que cinco delas se destinam a fêmeas e estão apenas divididas entre si por baias prefabricadas. A sexta box, separada das outras destina-se ao albergue de um cavalo macho. Todas as boxes têm acesso directo para o exterior.

Neste edifício de planta rectangular as circulações estão ligadas directamente a espaços exteriores cobertos em três zonas, nos topos do corredor e numa zona central, mais ampla da circulação que liga e amplia o edifício para o exterior através de um pátio. É neste pátio que se irão processar todos os trabalhos de limpeza e manutenção dos cavalos. Do pátio acede-se ao resto do terreno por uma rampa.

O edifício comporta também um compartimento fechado para guardar as selas e arreios a que lhe é adjacente uma pequena instalação sanitária de apoio e um espaço aberto e com ligação directa para o exterior destinado ao armazenamento de palha.

Na cobertura existem quatro chaminés de ventilação e iluminação naturais.

O edifício, de um só piso acima da cota de soleira mantém as mesmas características e proporções da habitação.

Do ponto de vista da integração da edificação, procurou-se uma zona do terreno com a cota mais próxima da cota do logradouro da habitação existente, numa zona de fácil acesso à habitação, e implantado num sítio em que o edifício fica protegida dos ventos predominantes da região devido à sensibilidade dos animais que irá albergar. Com esta abordagem pensamos que a integração do edifico proposto será a mais subtil e discreta possível.

previous arrow
next arrow
Slider
Close Menu